Cabeleireiro na pandemia: como se manter vivo no mercado?
605
post-template-default,single,single-post,postid-605,single-format-standard,bridge-core-2.6.4,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode_grid_1300,qode-content-sidebar-responsive,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-23.1,qode-theme-bridge,qode_header_in_grid,wpb-js-composer js-comp-ver-6.5.0,vc_responsive

Cabeleireiro na pandemia: 6 dicas para o seu negócio continuar a prosperar

No início de 2020, o setor da beleza foi um dos mais atingidos pela pandemia de Covid-19. O que a maioria de nós não contava é que ainda em 2021 estaríamos novamente com os salões fechados, num novo confinamento em Portugal. Apesar de todos os esforços do setor de cabeleireiro na pandemia, estamos a enfrentar uma crise. 

No entanto, este não é o momento para nos lamentarmos. Ao contrário, há muito que pode — e deve! — ser feito para preparar o seu salão para um regresso em grande. Pode até mesmo atrair novos clientes durante este período, e vamos mostrar como. 

Preparámos este artigo para ajudar os nossos parceiros empreendedores do setor da beleza a aproveitarem este período da melhor forma. Continue a leitura para saber quais dicas temos para si! 

6 dicas para cabeleireiro na pandemia: prepare o seu salão para o regresso

1. Mantenha um relacionamento com os clientes

Não é porque o salão está com as portas fechadas que o cabeleireiro não pode manter o contacto com os clientes. Aliás, a distância física é justamente o motivo pelo qual os profissionais de beleza devem investir no relacionamento com os clientes por outras plataformas. 

Se ainda não tem um site para o seu salão ou perfis nas redes sociais, este é o momento ideal para começar. Se já tem estes canais, esqueça os posts com fotos de cortes e tratamentos diversos e passe a investir em conteúdos que sejam úteis para o cliente. 

Dê dicas de como tratar dos cabelos em casa, indique produtos, fale sobre cursos que tenha feito e como isto se reflete no seu atendimento. Enfim, faça os seus clientes sentirem que o cabeleireiro, na pandemia, continua a ser um amigo fiel com quem podem contar. 

2. Comunique os seus protocolos de higiene

Uma das maiores preocupações dos consumidores durante este período de pandemia são as medidas de higiene. As pessoas têm medo de serem contaminadas e querem frequentar sítios que tenham protocolos rígidos de higiene. Mas não basta apenas os ter, é necessário mostrar.

Use os seus canais de comunicação para falar sobre as suas medidas de higiene. Aproveite que o salão está sem movimento para fazer um vídeo a explicar o que está a ser feito para garantir a segurança dos clientes e dos profissionais. O cabeleireiro, na pandemia, precisa de ser uma referência de limpeza e organização. 

3. Venda serviços promocionais para a reabertura

Alguns serviços utilizaram esta estratégia no primeiro confinamento em Portugal, e é uma ótima ideia para repetir. Acione os seus clientes e ofereça pacotes interessantes de serviços que podem ser reservados agora e utilizados depois da reabertura. 

Por exemplo, se tem uma barbearia e cobra 20 euros o corte de cabelo e 20 euros o tratamento da barba, oferece um pacote com cabelo e barba por 35 euros. Ou um pacote de dois cortes, a serem marcados num intervalo de até 90 dias posteriores à reabertura. Use a sua criatividade para pensar em promoções atrativas para o seu cliente. 

Outra boa estratégia é fazer uma pré-venda de atendimentos em domicílio. Cabeleireiros, barbeiros e manicures, na quarentena, estão proibidos de atender até mesmo na casa dos clientes. Mas isto não impede que já deixe a agenda aberta para quando começar a reabertura.

Para os atendimentos em casa, monte um kit prático e eficiente, com produtos leves, mas ergonómicos e de qualidade premium. Afinal, o serviço prestado na casa do cliente é uma extensão dos serviços do seu salão. Portanto, a qualidade tem de ser a mesma. 

Na Dompel Europe, temos uma série de produtos para atender a esta necessidade. Veja alguns exemplos: 

O seu kit irá depender do tipo de serviço que será prestado. Mas certifique-se de ter a estrutura necessária para realizar um bom trabalho com conforto para si e para o cliente. 

4. Ofereça novos serviços

Estar com as portas fechadas temporariamente não é motivo para deixar de inovar. Mesmo que o cabeleireiro, na pandemia, esteja sem atender os clientes de forma presencial, pode sempre pensar em novos serviços para oferecer. Por exemplo, pode iniciar uma venda online de produtos, com a entrega pelos CTT. 

Se for mais experiente, pode oferecer consultorias a outros profissionais mais jovens. A sua experiência na gestão de um negócio no setor da beleza e no atendimento ao público certamente pode ajudar a quem ainda está no início da carreira. 

Também pode anunciar novidades para quando o salão reabrir. As manicures, na quarentena, podem aproveitar para se especializar em unhas de gel e outras técnicas. Faça o lançamento online, em um live ou uma festa virtual, por exemplo.  

5. Organize a gestão do salão

Sabemos que para o cabeleireiro na pandemia o aspeto financeiro pode ser uma questão sensível. Além disso, queremos otimizar ao máximo os recursos que já temos, tanto agora como na reabertura. Portanto, reveja os custos e organize a gestão do seu salão.

Seguem algumas sugestões de ações práticas: 

  • reveja os gastos;
  • interrompa o fornecimento de serviços como água e luz se for possível;
  • faça um inventário do seu stock;
  • analise o planeamento de compras; 
  • organize os produtos para, na reabertura, usar mais rapidamente aqueles que têm a data de validade mais próxima.  

6. Faça mudanças e remodelações necessárias

É uma tendência muito forte que muitos empreendedores têm de cortar todos os tipos de gastos quando um período de crise se apresenta. No entanto, é necessário lembrar que alguns desses gastos são, na verdade, investimentos que vão acabar por trazer novos clientes para o salão e fidelizar os seus antigos clientes. 

Aproveite estes dias em que o salão encontra-se fechado para fazer aquelas mudanças e remodelações necessárias, mas que sempre ficavam para o futuro. Não estamos a falar de grandes investimentos, mas de ações que vão mudar a perceção dos clientes sobre o seu espaço. 

Se estiver a precisar de trocar alguns móveis, invista em modelos que tornam mais fácil a higiene. A rampa de lavagem da Dompel, por exemplo, pode ser completamente lavada, uma vez que a estrutura é feita em polímero injetado  e o estofamento é impermeável.

A Dompel é uma referência na fabricação de mobiliário e acessórios para salões de beleza. Com 40 anos de experiência, somos líderes na América Latina e atualmente exportamos os nossos produtos para mais de 15 países, incluindo Espanha, Itália e França. 

Estamos em Portugal desde 2018 e temos um armazém no país. Portanto, as suas compras Dompel são enviadas do território português. Isto torna as entregas muito mais rápidas e mais seguras. 

Conheça os nossos produtos e veja por si mesmo a nossa qualidade. Juntos somos mais fortes e vamos superar este período! 

Nenhum Comentário

Publicar Um Comentário

Psst, espere!

Estás a gostar do conteúdo? Aproveite para subscrever a nossa newsletter e saber primeiro sempre que tivermos novidades ou ofertas!